Atendimento imediato: 31 3375-3966

Infestação de cupins: saiba como prevenir e combater esse problema as

Os cupins são insetos de grande importância ecológica, sobretudo para a aeração do solo. No entanto, podem se tornar uma praga urbana quando se reproduzem de forma descontrolada e infestam as partes de madeira das construções ou os móveis de casas e empresas. O problema não é só na cidade, na zona rural uma infestação de cupins pode comprometer o cultivo de raízes e hortaliças. Por isso, fazer o controle desses insetos é imprescindível para evitar danos e prejuízos.

Neste post vamos falar sobre os diferentes tipos de cupins, explicar quando podem se tornar um problema e dar dicas de formas de prevenção e combate.

Confira!

Quais são os tipos de cupins existentes?

Assim como abelhas e formigas, os cupins se organizam em papeis sociais dentro de suas colônias. Há os soldados, que cuidam da segurança do cupinzeiro; a rainha e o rei que se reproduzem dentro da colônia; os machos e fêmeas alados, responsáveis por espalhar a espécie para além do cupinzeiro; e os operários, que cuidam da alimentação, limpeza construção e outras tarefas necessárias para o funcionamento da colônia.

As famílias de cupins mais comuns no Brasil e que mais geram transtornos, são:

Kalotermitidae

É o tipo de cupim que infesta a madeira, formando ninhos em câmaras ou galerias.

Rhinotermididae

São os que causam os maiores problemas, podendo até mesmo derrubar paredes. São cupins subterrâneos, ou seja, constroem suas colônias total ou parcialmente abaixo do solo. No entanto, também podem formar ninhos em madeira, acima do solo.

Termitidae

São cupins que constroem colônias em forma de montes. É muito comum vê-los em áreas arborizadas, gramados, pastos e jardins.

Por que cupins comem madeira?

A madeira é fonte de sais minerais, proteína e energia para o metabolismo desses insetos. A digestão é auxiliada por protozoários ou bactérias que vivem em seus intestinos e que permitem a metabolização desses nutrientes.

Quais os riscos de uma infestação de cupins?

Uma infestação de cupins pode destruir as estruturas de uma casa em apenas 4 meses. Isso porque eles podem formar colônias com milhões de insetos em pouco tempo, atacando não apenas as madeiras mais visíveis, como móveis, batentes de portas ou janelas. As espécies subterrâneas podem acometer a estrutura do imóvel, além das vigas do telhado e de sustentação.

Para empresas que vendem móveis ou trabalham com madeira, uma infestação de cupins significa grandes prejuízos. Além da perda de produtos danificados, o problema pode se traduzir em uma crise de imagem e relacionamento com o cliente, se os insetos forem levados junto com a mercadoria para os imóveis dos compradores.

Como identificar uma infestação de cupins?

É preciso ficar atento aos primeiros sinais da presença de cupins no imóvel ou ao seu redor, antes que os estragos mais permanentes apareçam.

Cupins de madeira

Os cupins que se alimentam de madeira seca deixam restos parecidos com areia. Quando esses resíduos são claros, significa que a colônia é recente e é mais fácil de combater. Se forem uma mistura de claro e escuro, é sinal de que os cupins já estão no lugar há um tempo, a colônia é madura e se reproduziu bastante. Se houver apenas restos escuros, os insetos já foram embora e o estrago está feito.

Mesmo quando a presença dos insetos não é visível e há apenas resíduos escuros é preciso tomar providências de descupinização, pois, eles podem estar infestando outra parte de madeira do imóvel ou móveis do ambiente.

Cupins subterrâneos

Essas espécies deixam rastros de terra por onde passam. Assim, sua infestação pode ser percebida por esses caminhos que se formam na parede, rodapés, proximidades de portas e janelas. Eles também se locomovem pelos conduítes de energia, podendo provocar pequenos curtos circuitos.

Como prevenir uma infestação de cupins?

Há produtos disponíveis no mercado para tratar a madeira e prevenir o aparecimento desses insetos. Manter móveis limpos e bem cuidados é outra forma de prevenção. Além dessas medidas, fazer uma dedetização de cupins periodicamente é a forma mais eficaz de evitar o problema, sobretudo para empresas que trabalham com madeira.

Diante de uma infestação de cupins não insista com métodos caseiros. Quanto antes você chamar uma empresa especializada e certificada, menores são os riscos de grandes prejuízos e perdas de móveis e peças de madeira.

Está com problemas com cupins? Fale com a gente! Temos os melhores profissionais para identificar o tipo de cupim que está infestando seu imóvel e aplicar as técnicas e produtos mais indicados para solucionar o problema. Atendemos em Belo Horizonte e região metropolitana.

Compartilhe

Rua Frei Conceição Veloso, 86 - Alto dos Pinheiros - Belo Horizonte

31 3375-3966